Moda

Tipos de sutiã e como escolher o sutiã ideal

O sutiã é uma peça do vestuário feminino que não pode e nem deve estar de fora do guarda-roupa das mulheres, não é mesmo? Afinal, ele tem a função de sustentar e proteger os seios e, ainda, valorizá-los ao vestir um vestido ou uma blusa qualquer. 

No entanto, é importante escolher o sutiã que tenha um bom caimento e seja confortável, uma vez que passamos boa parte do dia usando o acessório. Então, não há nada mais natural que, ao adquirir a peça, alguns itens sejam levados em consideração.

A seguir, você vai conhecer quais são os tipos de sutiã disponíveis no mercado atualmente, assim como de que modo devem ser usados, para que você possa se sentir mais bonita e confiante aonde quer que vá.

A história do sutiã 

Antes de mais nada, vamos iniciar o post contando um pouco da história do sutiã, pois saber como e quando surgiram os primeiros modelos do acessório faz parte da curiosidade de toda mulher, concorda?

A história do sutiã

A princípio, podemos dizer que não existem registros específicos a respeito do primeiro sutiã usado pelas mulheres na história da humanidade. O que se sabe é que, por volta de 2500 a.C., as moças de Creta (berço da civilização minoica) utilizavam um corpete de aparência rústica feito com tiras de pano para valorizar os seios, ou seja, o adereço em questão tinha na época apenas uma função estética.

No ano de 1500 a.C., durante o período da civilização grega, as mulheres usavam corpetes um pouco mais elaborados, a fim de deixar o colo mais bonito. As que viviam na região de Esparta utilizavam o acessório com a finalidade de proteger os seios ao participarem de treinamentos e competições esportivas.

Já na Idade Média, os espartilhos muito apertados começaram a surgir e reinaram soberanos até o século XIX, variando apenas as formas como eram apresentados. Muitas senhoras da época morreram por terem costelas quebradas ou perfuradas, devido tal força empregada para ajustar a peça no corpo!

Então, em 1914, a americana Mary Phelps Jacob resolveu patentear o sutiã, que consistia em dois lenços amarrados com tiras de tecidos, para serem usados embaixo dos vestidos e sustentar e proteger os seios.

Entretanto, o sutiã ganhou popularidade a partir em 1937, quando houve a invenção do nylon — tecido resistente e elástico — patenteado pela empresa norte-americana Dupont. Dessa forma, a peça ficou mais confortável e aderente ao corpo, além de tornar-se mais viável financeiramente e permitir melhor caimento no busto.

Ainda, podemos acrescentar que, ao longo dos anos, os modelos foram se aperfeiçoando até chegarem aos diversos tipos de sutiãs que conhecemos hoje em dia. O sutiã representa a feminilidade e já foi símbolo de protestos, assim como artigo de beleza e sedução.

Os tipos de sutiã

Continue acompanhando a leitura e veja o miniguia que preparamos para você esclarecer todas as dúvidas a respeito dos tipos de sutiãs disponíveis no comércio nos dias de hoje. Então, vamos conferir?

Sutiã Balconet

Muitas mulheres não conhecem o sutiã estilo Balconet pelo nome. No entanto, a peça é aquela que cobre apenas parte dos seios, incluindo os mamilos. Em geral, é possível encontrar os modelos em versões belíssimas, tais quais os confeccionados em rendas e detalhes delicados.

Ideal para ser usado por quem tem seios pequenos ou médios e desejam valorizá-los por meio de blusas ou vestidos de decotes redondos e mais profundos. Vale lembrar que o sutiã Balconet não confere muito conforto no dia a dia da mulher moderna.

Sutiã Meia-Taça

Mais conhecido das mulheres, o sutiã meia-taça assemelha-se ao estilo Balconet. Porém, alguns consultores da área de moda o definem como sendo um pouco maior que o seu irmão, ou seja, ele cobre um pouco mais as mamas. Também devem ser usados por pessoas que tenham o busto menor e queiram valorizar os decotes e, consequentemente, os colos.

Sutiã Top

O top é o tipo de sutiã adorado por todas as mulheres, pois, além de serem confortáveis, eles podem ser usados com quase todos os tipos de roupas. Para o dia a dia é a peça perfeita, e também para quem pratica esportes, uma vez que pode ser colocado embaixo de uma t-shirt ou uma regata.

Sutiã com base

O sutiã com base é um modelo muito utilizado pelas mulheres, e podemos defini-lo como sendo a peça que tenha os bojos e uma pequena base embaixo dos aros. Acomoda muito bem todos os tamanhos de seios, sendo que os maiores devem ter as alças mais reforçadas.

Em geral, o sutiã com base é encontrado em várias versões. Contudo, os confeccionados em rendas das mais diversas cores, tais quais preta, branca, nude, vermelha, entre outras, são os mais procurados na hora da compra. 

Sutiã com aro

Esse modelo de sutiã contém aros um pouco maiores que o descrito acima, por isso ele é capaz de proporcionar uma melhor acomodação do busto. As alças podem ser encontradas em versões finas ou grossas, e cada mulher vai definir qual é o modelo que lhe traga mais conforto e valorize mais a sua silhueta.

Use o sutiã com aro com blusas e vestidos de diferentes tecidos e decotes variados, uma vez que ele tende a ter um bom caimento e ainda valoriza o colo.

Sutiã Triângulo

O modelo apresenta o formato de triângulo para acomodar os seios e, geralmente, tem bojo, o que confere uma boa sustentação para bustos pequenos ou médios. Na maioria das vezes, o fecho está localizado na parte da frente da peça.

As versões feitas sem muitos detalhes podem ser usadas com roupas de malha, pois não tendem a marcar as peças. Também é válido dizer que ele costuma ser encontrado nas mais diversas tonalidades.

Sutiã Estruturado

O sutiã estruturado tem alças e bases mais reforçadas e, por isso, é recomendado para moças e senhoras que tenham os seios maiores. Ao contrário do que muitas pensam, o modelo em questão não aumenta o volume do busto e sim tende a valorizá-lo.

Você encontra os sutiãs estruturados confeccionados em malhas lisas específicas para lingeries e também feitos em rendas sintéticas ou naturais, que conferem beleza e sofisticação ao modelo.

Sutiã Push-up

O sutiã Push-up possui bojos e tem a finalidade de aproximar e levantar os seios, uma vez que a sua modelagem foi desenvolvida para tal finalidade. É possível encontrá-lo com algum tipo de enchimento nas taças, o que confere um aumento do tamanho do busto.

Ainda, pode-se dizer que existem os modelos normais ou os que tenham as alças cruzadas nas costas. Mas, atenção! Mulheres de seios muitos fartos e que não desejam evidenciá-los não devem usar esse tipo de sutiã, pois, como já dissemos, eles tendem a aumentar o volume das mamas.

Sutiã Multifuncional

São assim conhecidos por terem as alças removíveis ou que podem ser cruzadas de diversas maneiras. Vale lembrar que o multifuncional não apresenta boa sustentação aos seios, não sendo indicado para as mulheres que tenham essa intenção.

Em geral, ele valoriza os mais variados decotes, inclusive os que estejam na parte de trás de blusas ou vestidos. 

Sutiã Lenço

O sutiã lenço assemelha-se muito ao biquíni de estilo cortininha, sendo que não há a necessidade de ser franzido na frente. Não tem bojo, é leve e, geralmente, é encontrado na versão rendada. Apesar de ser extremamente confortável, não apresenta sustentação alguma. Então, mulheres de seios médios ou grandes devem esquecer o modelo!

Sutiã Tomara que caia

O sutiã tomara que caia é bastante utilizado embaixo de blusas e vestidos sem alças. Alguns modelos contêm aros para que os seios tenham mais sustentação e, ainda, é possível encontrá-los com ou sem bojos.

Lisos ou com aplicações de rendas na superfície, o sutiã tomara que caia é muito procurado nas lojas e sites que comercializam roupas íntimas femininas e podem ser encontradas em diversas cores e tamanhos.

Costas nadador

O sutiã de costas nadador é recomendado para quem quer deixar os ombros a mostra, porém não deseja que as alças de um sutiã tradicional apareçam. A modelagem do modelo imita as costas das roupas usadas em competições aquáticas, daí a origem do nome.

Sutiã de renda

sutiã de renda é, sem dúvidas, o mais glamouroso dos modelos! Não por acaso, uma vez que ele confere beleza e sensualidade ao look. Muitas moças preferem usá-los embaixo de blusas transparentes coordenadas com saias e calças de alfaiataria, a fim de criar um visual mais sofisticado.

As rendas podem estar presentes em todos os tipos de sutiãs e, ainda, aparecem aplicadas sobre outros tecidos. Existem sutiãs de rendas em várias tonalidades. No entanto, a cor preta lidera a preferência do público feminino!

Corpete 

Também conhecido como Brallet, o corpete tem a base mais comprida que pode chegar até um pouco acima do umbigo. Todos os tipos de silhuetas são valorizados por tal modelagem, sendo que bustos mais volumosos devem ser usados com corpetes que contenham alças mais reforçadas. 

Os corpetes são indicados para serem vestidos embaixo de blusas transparentes, pois conferem elegância e sofisticação ao look na medida certa. Os modelos mais procurados são os que têm aplicações de rendas em suas superfícies. Experimente usar um corpete de renda preta sob uma camisa de seda igualmente preta e você vai estar linda para qualquer evento noturno!

O sutiã ideal

Como dissemos acima, o sutiã tornou-se uma peça indispensável do guarda-roupas feminino, pois ele sustenta os seios e valoriza o look, independentemente da roupa que vestimos.

Mas para ter o caimento perfeito, é preciso que o sutiã seja do tamanho adequado, ou seja, não fique apertado e nem grande demais. Lembre-se de que a falta de pano ou o excesso dele pode arruinar todo o visual.

Alças

As alças servem para sustentar o busto e, em vista disto, é preciso que elas estejam adaptadas ao volume dos seios. Assim, seios pequenos pedem tiras mais finas. Já os maiores exigem alças mais largas e reforçadas, a fim de garantir o peso das mamas.

Ainda, existem as acolchoadas que têm a função de não marcar ou apertar a pele na região dos ombros ou pescoço (nesse caso, se o sutiã tiver alças cruzadas).

Laterais

As laterais do sutiã também devem ser adequadas ao biótipo de cada mulher. Então, se forem finas, servem para as de seios pequenos; as médias vestem bem as de seios médios, já as mais largas acomodam as mamas maiores e as mulheres que têm as costas mais largas também.

Outra versão existente é a peça de laterais reforçadas, utilizadas no sutiã tomara que caia. Muitos apresentam tiras de silicone acopladas à parte interna das alças, para que o sutiã não escorregue no corpo.

Bojos

Os tipos de bojos do sutiã podem variar bastante. Por exemplo, o bojo acolchoado tem a copa reforçada com espuma, o que garante conforto sem que altere o volume dos seios, sendo indicado para bustos maiores.

A bolha banana tem o formato de meia lua. Devido a essa característica, é indicado para as mulheres de seios pequenos ou caídos. O formato ajuda a levantar o busto e, desse modo, ele vai parecer maior ou permanecer no lugar!

Outro tipo de bojo que serve para aumentar o tamanho dos seios pequenos ou dar um up nas mamas flácidas e caídas é o enchimento bolha. Ele garante o conforto e a beleza do busto e do colo.

Ao escolher o sutiã adequado ao seu biótipo, você vai ter a garantia de estar bem vestida o tempo todo e também se sentir segura em qualquer situação. É importante destacar ainda que, ao usar as roupas coordenadas com os modelos certos desse tipo de acessório, a silhueta vai estar valorizada, e o corpo ficará muito mais bonito!

A Click Sophia oferece grande variedades de modelos de sutiãs para todas as mulheres que exigem conforto, qualidade e beleza. Não por acaso, uma vez que a empresa se preocupa em desenvolver peças confeccionadas com tecidos apropriados e modelagens específicas para cada biótipo feminino.

Então, na hora de adquirir as suas lingeries, visite o site da Click Sophia e compre peças de qualidade com ótimos preços, lindas cores e tamanhos adequados para você!

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *