Compras

Viagem: compras na California – organização

By
Hoje vou contar pra vocês como eu estou me organizando para viajar nesse final de semana para a Califórnia. Como já contei, dessa vez quero ir mais organizada pra aproveitar ao máximo e não ficar tão perdida. Já fiz a minha wishlist (e nos últimos dias ela deu uma aumentada) e agora já está tudo certo: troquei o dinheiro, pesquisei sobre impostos e taxas e fiz umas tabelinhas.

Compras na Califórnia

Dinheiro: Minha primeira opção para a viagem era fazer o cartão pré-pago confidence travel card, que é um cartão que você faz nas agências Confidence Câmbio levando seu RG e CPF e sai na hora. Para fazer o cartão você precisa de, no mínimo, um valor que corresponda a $100 da moeda que você quer (no meu caso, eu precisaria colocar no cartão no mínimo 100 dólares.

Minha opção por esse cartão era pela facilidade de ir lá e recarregar quando eu precisasse (quem fica no Brasil pode ir lá na agência e recarregar pra você), além de outras vantagens:

Cheguei a considerar o cartão de crédito, mas como eu não tenho, o câmbio varia e o IOF é super alto desconsiderei.
A última coisa que pensei foi em levar o valor em dinheiro, porque tenho medo de ficar carregando e perder e achei que seria pior, mas pesquisei em alguns sites sobre compras de eletrônicos e vi que eles indicam levar em dinheiro mesmo, justamente por causa das taxas, e resolvi levar assim. A minha dica é começar a acompanhar o câmbio assim que decidir viajar pra poder comprar os dólares quando o valor estiver bom.
Para trocar o dinheiro nas casas de câmbio você precisa fazer a reserva com antecedência, eles aconselham que você faça 48h antes.
Organização: Para me organizar, fiz algumas tabelas que acho que vão me ajudar muito lá:
  • Tabela de lojas e endereços
Pesquisei quais lojas tem na cidade que vou ficar e coloquei o endereço delas na tabela, assim fica fácil de ir e não vou perder tempo procurando isso lá na viagem. Também posso ir sozinha e terei menos risco de me perder, rs.
  • Tabela de itens a comprar
Coloquei tudo que está na minha wishlist nessa tabela, com algumas informações que vão me ajudar:
  • Tabela de itens comprados
Essa eu vou usar depois que comprar as coisas pra anotar o preço e a loja, assim eu tenho um controle maior e posso contar tudo com detalhes pra vocês.
  • Tabela de lojas nos shoppings/ outlets
Além dessas tabelas, anotei em outras todas as lojas que tem nos shoppings e outlets que vou, pra saber o que procurar.
Eu imprimi todas essas tabelas (primeira imagem) e estou preenchendo à caneta mesmo, aos poucos. Mesmo antes de viajar elas já estão ajudando bastante, então fica a dica de organização para viagens.
Receita Federal: Acredito que todas saibam, mas quando viajamos para o exterior temos um limite de quantidade e valor que pode ser trazido em compras. Se você for pega pela receita na volta e tiver excedido o limite, será cobrada.

Cota de isenção: Se o viajante ingressar no País por via aérea ou marítima, o limite não deve exceder U$ 500 ou o equivalente em outra moeda. Essa cota é pessoal, intransferível e só pode ser usada uma vez a cada 30 dias. Se você exceder o valor de U$ 500 será cobrada uma taxa de 50% sobre o que exceder o valor da cota de isenção.

O que trazer sem pagar impostos?
Livros, folhetos e periódicos;
Bens de uso ou consumo especial do viajante, em quantidades compatíveis com a duração e natureza da viagem;
Bens nacionais ou nacionalizados que estejam retornando ao País (a comprovação deve ser feita mediante nota fiscal ou nacionalização do bem);
Outros bens adquiridos no exterior que não ultrapassem a cota de isenção ou os limites de quantidade.

O que são bens de uso ou consumo pessoal?
São artigos de vestuário, higiene e outros bens que você precise usar durante a viagem. Você pode trazer como bem de uso pessoal uma máquina fotográfica, um relógio de pulso, um celular, um aparelho reprodutor de áudio/vídeo portátil ou pendrive (todos devem estar usados pelo menos uma vez).
Itens que precisam de instalação para uso (computador de mesa, ar condicionado, projetor de vídeo e etc), máquinas filmadoras e computadores pessoais não são considerados bens de uso pessoal.
Limites de quantidade:
Bens de pequeno valor (lembrancinhas, souvenires, pequenos presentes): 20 unidades, desde que não haja mais que 10 unidades idênticas.
Outros bens: 20 unidades, desde que não existam mais que 3 unidades idênticas.
Informações: Receita Federal – Viajantes.
Espero que esse post ajude quem também vai viajar ;)


Mais posts sobre a minha viagem:

Viagem: vou pra California
Viagem: minha lista de compras
Viagem: compras na Califórnia – organização

You may also like