Para assistir (e refletir): apenas uma noite | Só Para Meninas | blog feminino por Rafaelli Antes
Cinema e Televisão

Para assistir (e refletir): apenas uma noite

Não sei vocês, mas muitas vezes eu assisto filmes só por que um ator ou atriz está nele. Foi assim com Emma Stone em O Espetacular Homem Aranha e vários outros, e vai continuar sendo assim com os meus queridinhos do cinema. “Apenas uma noite“, por exemplo, eu resolvi assistir porque achei a sinopse boa, mas só tive certeza de que assistiria até o fim quando vi que Keira Knightley (sempre com ajuda do Google pra escrever) fazia parte do elenco. Tem como não amá-la depois de “Orgulho e Preconceito“? É um dos meus filmes favoritos.
E “Apenas uma noite” foi um filme que me fez refletir muito, sabe aquele drama que não faz chorar, mas te deixa com uma pulguinha atrás da orelha? É esse aí.

Sinopse (pelo adorocinema): Joanna (Keira Knightley) acusa o marido, Michael (Sam Worthington), de estar interessado em uma colega de trabalho. Pouco tempo depois, enquanto ele se prepara para fazer uma viagem a trabalho, ela assume que exagerou nas acusações e lhe pede desculpas. Eles passam a noite separados devido à viagem, mas Michael não esquece o que a esposa lhe disse e resolve testar se a acusação é verdadeira. Nesta mesma noite Joanna reencontra um amor do passado, Alex (Guillaume Canet), que a faz balançar.


Fiquei curiosa pra saber como se desenrolaria a história, quem pareceria mais culpado e o que aconteceria no final. O filme não é uma maravilha, o final é esquisito e a história não tem grandes emoções, mas valeu a reflexão, e valeu muito.
Fiquei me perguntando que tipo de traição é pior: a do marido, que foi basicamente atração física ou a da esposa, que envolveu muito mais sentimento do que o físico em si. Fiquei sem resposta. Percebi que as atitudes de cada dia que fazem o relacionamento. Não é uma coisa que você constrói em um ou dois meses e depois só leva. Os relacionamentos são frágeis e anos podem ser anulados em uma nó noite ou em um só ato.
Pra quem for assistir o filme, eu recomendo um olhar crítico: se coloque no lugar dos dois e tente sentir o que eles sentiriam se soubessem o que o outro está fazendo.
Agora que o dia dos namorados está chegando, é válido refletir sobre como tratamos as pessoas que estão ao nosso lado e como lidamos com os sentimentos. Não deixem uma noite estragar a história! :)

4 Comentários

  • .bárbara

    Eu gosto da Keira em vários filmes, menos em piratas do caribe..x.x
    fico chateada com aquele personagem dela..ahauhauha

    Mas orgulho e preconceito realmente inspira, e vou assistir esse porque vc me deixou intrigada. E também pelo Sam Worthington…*.* Lindo e talentoso demais em qualquer personagem esse homem.

    :**

    • Rafaelli Antes

      Eu tambéeeem não gosto de Piratas do Caribe ;x AHUHHAUHUEHAE
      não sei COMO, porque o elenco é MARAVILHOSO, mas o filme não me predeu a ponto de querer assistir todos.

  • Anonymous

    Já vi esse filme umas 4x…adorei…ele foca exatamente como uma noite pode tudo mudar,além de Keira ser excelente atriz…

  • Eizzi Melgarejo

    Vi esse filme também, e tu fez exatamente a mesma reflexão que eu….não dá pra fazer grandes distinções entre qual o pior, mas a dela ainda me intriga mais. E, realmente, final estranho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *