Mudança de planos! | Só Para Meninas | blog feminino por Rafaelli Antes
Sem categoria

Mudança de planos!

Quem aqui atua na área de formação? Vocês amam o que fazem? Eu realmente gostaria de saber sobre a experiência de vocês, pois venho falar sobre mudança de carreira. Esse post é longo pois estou narrando a minha experiência e cito mais alguns exemplos. Vale a pena ler, se você está na dúvida sobre esse mudança.

Funciona da seguinte forma:
Você pesquisa incansavelmente por uma profissão que se encaixe no seu perfil, faz milhões de testes vocacionais. Vai filtrando, entrevistando, assistindo a Workshops. Até que você define que é aquilo que você quer pra sua vida!
• Na faculdade, você pode amar cada segundo dos seus estudos. Estudar uma área específica vira uma alegria tremenda praquelas pessoas que podem dispensar matérias tediosas. Mas você também pode odiar as suas aulas, pois sempre vai existir uma matéria, ou todas, que não chamem a sua atenção.
• E então:
  1. Você se forma e atua na área. Você ama o que faz. OU
  2. Você se forma mas resolve estudar outra coisa, mudar de carreira. OU
  3. Você muda de curso, não aguenta nem terminar a faculdade.
1 – Acho que eu não preciso citar nomes para o primeiro exemplo. Muita gente acaba acertando de primeira na sua profissão. Por casos assim serem maioria, os que não acertam acabam sofrendo uma espécie de preconceito, se passam por indecisos. Mas a realidade não é assim!
2 – Um exemplo de pessoa que se formou no curso que escolheu no ensino médio, mas que trocou de carreira depois de formada: euzinha!
O meu curso, por ser amplo, acaba sendo útil para qualquer atividade que queira exercer. Me formei em publicidade e propaganda. Mas descobri que eu não queria trabalhar nessa área. Nada de agências, rádio, design ou marketing. Eu amo é o mercado da beleza! Bem diferente, né?
Descobri isso ao iniciar uma carreira curta porém muito instrutiva de consultoria de beleza na Mary Kay e após 2 anos parada, mandando currículos para agências e rezando pra que não me chamassem. Tinha alguma coisa errada aí, né?
Depois de um período de depressão – que já está curada após um longo tratamento – resolvi colocar as decisões no papel e, com o apoio total da minha família, decidí que seguiria nesse ramo. As novidades da minha vida com relação aos próximos passos são surpresa. Mas se ficarem antenadas no meu blog logo saberão!

We ♥ it

O mesmo caso aconteceu com minha irmã. Advogada, 5 anos de faculdade. OAB conquistada de primeira. Uma profissão quadrada demais pra uma fashionista de bom gosto e muita ousadia. Hoje, leciona inglês (idioma que tanto ama) numa escola da cidade enquanto espera começar sua faculdade de Design de Moda.
A blogueira Cih (coloridex.com) é analista de sistemas! Mas atualmente cursa a faculdade de Design Gráfico. Está apaixonada pelo curso, mas através de suas costuras e desenhos, dava pra saber que ela nasceu pra ser designer. Ela fala um pouco sobre o sonho nesse post aqui.

3 – E quando você percebe que não é o que você quer e que continuar estudando a primeira opção não vai adiantar de nada?
Você faz como a Mariana (@marimponto) – que foi até parar na revista Gloss (imagem acima) em uma matéria sobre carreira. Ela cursou enfermagem, mas já com intuito de trabalhar, fazer dinheiro e depois estudar o que gosta. Não deu certo, né? No 3° ano de faculdade, largou o estudo. Conversando com a família e tendo total apoio dos pais, fez cursos que englobam a Produção Multimídia para saber se gostaria dessa carreira. Se apaixonou! Começou então o respectivo curso na faculdade. Segundo Mariana, o apoio da família e o fato de existir um curso de Multimídia na própria cidade foram os fatores decisivos para a mudança.

O que fazer quando a carreira dá desgosto? Quando a faculdade tá chata? Quando a profissão não lhe cativa mais? 

Pensar! Vasculhar dentro da sua cabeça sobre as atividades que você adora fazer e se você trabalharia de graça por isso. É assim que você descobre o que você ama.

Mas não esqueça que, antes de jogar tudo pro alto e mudar a sua vida em 360 graus, é necessário planejar! Uma mudança não organizada vira baderna. E bagunças tendem a complicar a nossa vida!
Faça a sí mesma essas perguntas. Se perceber que a única coisa que falta é a sua atitude pra mudar, não hesite! Apesar do medo, muitas pessoas obtiveram sucesso ao mudar drasticamente de vida ou carreira. Esse post está cheio de exemplos pra te inspirar! Espero ter ajudado! ♥
Momento merchan – sorteio de um journal super criativo lá no blog!
Kisses!
Loma Sernaiotto
blog twitter

24 Comentários

  • Rafaelli - Só Para Meninas

    Você escreveu pra mim, né? To pensando sobre isso há bastante tempo. Eu faço veterinária, mas sou apaixonada pela área de comunicação. É complicado mudar depois de 5 semestres de faculdade (ou seja, a metade), mas ta aí uma coisa sobre a qual eu ando pensando bastante ultimamente =P

  • Cláudia Piccoli

    Oi! Eu estou nesta fase exatamente. Me formei em Administração com ênfase em marketing e tenho pós em relações internacionais. Durante o curso, sempre gostei de moda e meus trabalhos eram voltado para isso. Fiz adm pois aqui não havia cursos na área da moda. Desde o ano passado, comecei cursos na área de pesquisa de moda, gestão de varejo e sigo estudando a comunicação e marketing de moda. E é nisso que quero atuar. É sempre difícil recomeçar do zero, mas é melhor fazer o que gosta do que permanecer infeliz na profissão. Um beijo e parabéns pelo post!

  • CARLA NOVELI

    Acho q muita gente passa por isso né?
    Eu mesma… estou passando e estou um pouco decepcionada…
    Sou formada em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda.
    Me formei tarde (com 30 anos) e desde então tento uma vaga na área (o que é super dificíl quando não se tem experiência na área).
    Em novembro do ano passado entre numa agência na área de Atendimento Publicitário… e não gostei! Em fevereiro desse ano saí da agência! Eu gostaria de atuar na área de Redação Publicitária. Mas como disse, para quem não tem experiência é muito difícil! Principalmente pq eu não fiz estágio!
    Hoje não estou trabalhando e ando meio perdida sobre q caminho seguir!
    Eu adoro decoração e como algumas de vcs sabem, tenho um blog q aborda esse assunto. Assim acabo unindo 2 coisas q amo, escrever e “decorar”. Pretendo começar um curso técnico de Design de Interiores agora no meio do ano…
    Até o final desse ano, preciso me encontrar profissionalmente! Afinal… eu nem tenho nem mais idade pra ficar fazendo escolhas erradas. Isso tá me custando muita coisa!
    Mas vou deixar aqui minha opinião!
    Faça o que você gosta! Se vc está no começo do curso e não está gostando, saia e comece outro!
    Quando se está na metade do curso já é um pouco mais difícil desistir… Até pq vc “pesa” muitas coisas e às vezes até vale a pena concluir.
    Eu jamais conseguiria fazer algo q não estivesse gostando!
    Eu gostei do curso q eu fiz… só não tive a “sorte” de conseguir algo na área q eu goste até o momento… Publicidade e propaganda é uma área super concorrida!!! Talvez não valha a pena insistir nisso… sei lá. É por isso q vou começar um curso noutra área e quem sabe, acabe por fim, mudando…
    Mas tbem gostaria de deixar uma dica pra vcs! FAÇAM ESTÁGIO! Não deixem de fazer, mesmo se não for obrigatório! Se eu tivesse feito, com certeza já estaria trabalhando na área! Acabei não fazendo pq tinha estabilidade numa empresa, ganhava relativamente bem, era perto de casa… tudo isso acabou pesando, além de q salário de estagiário geralmente é baixo… mas não se apeguem a isso! O estágio é muito importante!!!
    Beijos meninas e boa sorte a todas nós!

  • Amanda Luna

    Eu sou enfermeira e amooo a minha profissão, mas é um emrcado saturado de profissionais e dificilimo de se encontrar uma vaga para quem está começando, pois a maioria das vagas exigem anos de experiencia… com o blog descobri meu talento para marketing e para comunicação.. resultado: acabei de inaugurar minha loja virtual de cosmeticos e maquiagens e estou fazendo toda a parte de maketing dela sozinha, inclusive colocando em sites de compras coeltivas e tal… acho que descobri o que sempre quis ser de verdade, uma mepresária ( neste momento uma micro empresária)kkk
    beijuu
    http://www.sermulhereomaximo.com.br

  • Rafaelli - Só Para Meninas

    O bom é que nesse troca de comentários a gente acabs conhecendo um pouquinho mais sobre as profissões e as dificuldades das amigas. ;)

  • diadebrilho

    esse post é pra mim, tbm estou no 5 semestre de publicidade e tive 2 crises pra mudar de curso e começar outro. Mais já q falta só 2 semestres prefiro terminar… hj não penso em trabalhar na area de publicidade como pensei no inicio do curso. Quero algo totalmente diferente e detalhe morar fora do Brasil por um tempo!
    :**

  • Diise França

    Graças a Deus, acho (rs a gente nunca tem certeza de nada)faço Letras e quero sim, e muito, dar aula…apesar da desmotivação de muitos por aí. Mas, antes de chegar a isso, prestei vestibular várias vezes para Nutrição (?) rsrs. Apesar dessa certeza que tenho gosto muito da área de web design e pretendo fz algum curso relacionado a isso…Bim

  • Gi Lizarda

    Bem…. eu sou formada em Publicidade e Propaganda e trabalho como fotógrafa em uma faculdade, então acredito que trabalho na área.
    Ganho muito pouco (sério, não tô exagerando!), mas o serviço é traquilo, a equipe é boa e os chefes excelentes. Não tenho muito do que reclamar. Além do mais, eu tenho o blog em que posso colocar em prática tudo o que aprendi na faculdade. Acho que é mais por isso que não me sinto frustrada. Fotografar me faz bem, me faz feliz. O chato é lidar com alunos da faculdade, mas isso eu tiro de letra.

    Agora vou te dizer uma verdade: TODO MUNDO, em algum momento da vida pensa estar no lugar errado, estudando ou trabalhando no lugar errado. Não se preocupe, desencane… é normal!

    Beijinhos.

  • Loma Sernaiotto

    OBA! Voltei e tá cheio de gente interagindo… Preciso dar minha opinião pra vcs, por exeperiencia:

    Rafaelli: às vezes compensa terminar o curso… já que tá acabando. Mas digo uma coisa, se estudar comunicação, vai usar pra VIDA TODA! e em tudo! uma ótima escolha de segunda faculdade, e quem sabe profissão, já q vc gosta!

    Cláudia: vc já tem cursos EXCELENTES! investe numa pós em marketing de moda! e depois vc pode fazer um ténico em moda pra aprender a parte de design. Serão 2 especializações em 4 anos, no máximo! tempo de uma faculdade só! ;P é minha humilde sugestão… tua carreira pode ser aproveitada no ramo! ♥

    Carla: decorar é uma delícia! e vc já tem comunicação, se um dia vc abrir uma empresa de design de interiores com certeza vai fazer sucesso! quem tem comunicação, consegue usar e emendar com qualquer curso! isso é ótimo!

    Amanda: adorei seu exemplo, businesswoman! posso dizer que estou no mesmo caminho! ;P parabéns, é inspirador! ♥

    Dia de brilho: como eu já disse aqui, comunicação vc pode usar pra muitas áreas… e um universo a parte que aprendemos na faculdade, né? vale a pena terminar! depois, vc complementa com algo que vc ama! ;P Uma pós ou mestrado em determinada área!

    Diise: que delícia q vc ama o q estuda e o q vai fazer! web é uma delícia tb… acredito que estudar nunca é demais, né?

    Perdão pelo comentário gigante! Precisava comentar, gentem… amo dar pitaco! ;P

  • Milca Alves =)

    Ai!..queria ter escrito antes só para ver o comentario da autora..rsrs
    Como disse no Twitter, esse post ta bombandooo..
    E só pra não sair do rítmo: ESSE POST FOI FEITO PRA MIM. kkkkkkkkkk
    Acabo de sair do meu curso de Relaçãos Publicas (1ºsemestre) e trocar pelo tão comentado PUBLICIDADE E PROPAGANDA, e me pergunte o que eu gosto de fazer?? Escrever.
    Então não seria melhor fazer jornalismo?, Pois é, vida loka néh,(Racionais). Mas é isso aí, todo mundo desenha um mapa pra chegar ao que deseja e as vezes nem sempre o mapa está certinho, mas o legal é que no meio do caminho criamos outra rota e continuamos. É como disseram aí, Comunicação combina com tudo, esse curso não fica perdido nunca, GRAÇAS a DEUS. . A única coisa que eu sei é que mesmo depois de formada não estarei satisfeita, nunca estou.E é isso que nos faz progredir e sempre correr para algo mais. (aff. quase criei outro post.rsr)
    Beijo,

  • Rodrigo Lana

    Digamos que tem partes neste post que digamos que tiro como lição pra mim também… Já no 2º Grau tinha minhas dúvidas sobre o que fazer na facul… Tinha minhas dúvidas em fazer Ciências Biológicas, mas já na minha primeira prova de facul, resolvi por Design Gráfico… Tá não me dei bem, Graças a Deus, pois logo depois deste desastre na prova, corri atrás de outros cursos, e procurei me informar mais e mais sobre um curso que gostaria mais, que me envolveria mais, que seria a minha cara… e me decidi há pouco tempo em fazer Publicidade e Propaganda, tão requisitado por muitas pessoas, garanto que por muitas leitoras deste blog também… Sábado agora farei a prova pro curso de “PP” e espero me dar bem… Descobri e me identifiquei por completo depois de pesquisar a fundo sobre o curso e sei que desta vez não estou errado sobre o curso e sobre a carreira que quero seguir… Boa Sorte na vida pessoal e profissional de cada um(a) por aqui….

  • Loma Sernaiotto

    Olha eu dando pitaco de novo:

    Milca: to aqui! HAHA Nossa, no curso de PP eu adorava aprender RP! Irônico, né? Mas PP e jornalismo tão grudadinhos. Se vc faz um, elimina MUITA matéria pra fazer o outro, pois ambos são comunicação social! Eu tb adooooro escrever, penso até um dia em fazer jornalismo, por hobby! Estudar é tudo de bom ;P

    Rodrigo: PP é delícia! Vc pode ver que muita gente aqui fez! *eu eu* A faculdade é gotosa, vc aprende muita coisa legal, como, por exemplo, que anunciar uma única vez no jornal nacional custa em torno de 57 mil. HAHAHAHA JN nunca mais foi o mesmo pra mim! =)
    Boa sorte no curso! Mas vc vai aprender muito design gráfico lá tb… =)

  • Sayuri

    Genteee, amei esse post!
    Eu mesma acabei de mudar de curso. Fazia veterinária e estava indo pro 4º semestre, dai decidi ir pra Áudio-visual e estou amando! Muito mais feliz… o que tenho a dizer é que não podemos ter medo, temos que jogar tudo pro alto e arriscar! beeeeeeeeeijos, amei amei

  • Vanessa Nedel

    Nossa nem me falem, acabei de formar em Psicologia na Unb…a família toda feliz e orgulhosa e descobri que não sinto falta de atender…daí resolvi ir p RH, mas fugi a facul toda dessa área e o q acontece? Qunado tem vaga para psicologo de RH eles querem que vc tenha experiência e não só conheximento teórico, gente to p ficar doida juro!
    Ainda mais que venho de um ritmo intenso, tipo o dia todo…e agora NADA….Também amo o mundo da beleza, tenho blog, já me mandaram investir nas makes, mas e a coragem? Difícil viu? Mas cada dia mais apesar da agonia entendo que é uma fase, mais comum que imaginamos…
    bjocas Vanessa Nedel
    divadabeleza.blogspot.com

  • Karla e Ludmylla

    Este post relata uma coisa que tem acontecido muito!!!!!! Eu graças a Deus não sofri com isso, me formei na coisa que mais amo, MODA, e atua na área, presto consultorias, tenho dois blogs e tb busco outras formas de estudar…. mas mudanças sempres são bem vindas e nunca tarde para fazer…beijos

    http://www.garotasrosashocking.blogspot.com/

  • *camila pinheiro.

    Cara, sério!

    Esse post foi pra mim!!!

    Eu tenho 22 anos, concluí o 4° período de Psicologia, mas em 2008, no 5° resolvi largar porque sempre sonhei com Comunicação.

    Fui pra Publicidade e Propaganda sonhando em fazer jornalismo. Esse ano precisei parar ($), mas pretendo voltar. A grande dúvida é: volto pra Publicidade, pra Psicologia (quase fora do páreo) ou começo outro?! Hoje mesmo meu pai me fez essa pergunta…

    Atualmente trabalho em uma fábrica com componentes eletrônicos, mas isso não chega perto do que eu amo que é cabelo e maquiagem.

    Minha madrinha diz que eu tenho que abrir um salão pra mim… ontem fiz uma maquiagem lindíssima numa amiga e fiquei muito feliz. Hoje na Renner a atendente perguntou se sou maquiadora porque eu tava por dentro dos produtos que vendem lá. Fiquei toda contente, mas disse que não sou, que sou apenas curiosa hahhaa

    Sou louca por inglês, esse ano se Deus permitir me formo no Yázigi e pretendo começar a dar aulas lá… Minhas paixões são comunicação, cabelo e maquiagem…

    Me sinto perdida e tenho crises de depressão por não me encaixar nos padrões perfeitos de quem entra na faculdade e vai até o fim e atua na área… Só de pensar em trabalhar em agência, meu coração já aperta…

    Bem, acertaste muito no post! Muito obrigada!

    Beijoooos

    http://cherriesandties.blogspot.com

  • Anonymous

    O post já é ‘velho’, mas continua inspirando as pessoas.

    Também passo por isso… acabei de me formar, mas não tenho afinidade com a área.

    O meu curso tinha 10 semestres. Quando acabei o 3º semestre, comecei a ter dúvidas se era aquilo mesmo que eu gostava. Até cheguei a conversar com a minha mãe, mas ela me aconselhou a terminar esse curso e depois procurar algo que eu realmente gostasse.
    Eu segui o conselho, até mesmo porque eu havia entrado em uma faculdade bastante concorrida e estudei muito para entrar nela. Esse não foi o único motivo, é claro, mas também comecei a entrar em depressão e não consegui sair dela até hoje.

    Concordo com o que já foi dito aí acima, quando já estamos mais avançados no curso, temos que pesar se vale a pena desistir ou persistir. Eu persisti, mas, se pudesse voltar atrás, não sei se continuaria a fazer o curso.

    Agora, recém-formada, me sinto perdida. Meus colegas de classe estão sempre falando sobre as novidades da área que tanto amam, outros desistiram da carreira, mas já sabem o que querem da vida. E eu aqui, ainda sem saber que rumo tomar. E o pior é que eu ainda não descobri o que realmente quero fazer.
    Gosto muito de línguas estrangeiras, como inglês e espanhol (e até trabalharia de graça em algo relacionado a isso, como a autora do texto apontou), mas acho que não sou boa o suficiente para fazer algo útil com esse meu gosto. Não sei se é mais para um hobby ou para uma carreira.

    Aí eu me pergunto, e agora?

    Parabéns pelo post, ele mostra exatamente como muitas pessoas se sentem com relação à carreira escolhida!

  • Anonymous

    Nossa post antigo mas é o meu momento. Acabei de me tornar Engenheira Agronoma e percebi q ñ tenho afinidade com a profissão q passei 6 anos estudando. Pra completar ñ consigo emprego oq está me deprimindo. Qro ser medica! Agr falta coragem p parar 1 ano ou mais p o vestibular e depois 6 anos de estudo dependendo da mãe p td. E detalhe já to com 23 anos. Ñ sei oq fazer…seu post me ajudou a refletir com mais clareza. Obg

  • Thaís Silva Santos

    Oi! Estou passando por isso! Estou no 4º semestre de Direito, mas sempre quis ser Tradutora. Desde pequena dizia que queria fazer Direito, mesmo sem entender o que era.E comecei o curso. Meus pais colocaram uma confiança em mim de tal forma que me sinto mal em dizer a eles que sim, sou humana e que cometi um erro em escolher Direito. Hoje, estou nesse dilema, o curso que quero só tem na cidade próxima daqui, teria que morar sozinha, mas sabe.. não é bicho de 7 cabeças! Só preciso de coragem pra dizer aos meus pais que a filha deles se enganou pensando que seria feliz em um profissão que sempre disse que queria ser, mas que agora.. ela está mais madura e quer seguir os próprios sonhos!

    • Anonymous

      Nossa Thais, sei bem como é duro, a nossa familia deposita expectativas e a gente não atende, eles ficam frustados junto conosco , e a gente sem coragem né…… Boa sorte…………….

  • Anonymous

    Estou no 2º ano de psicologia, tenho muitas dúvidas sobre as minhas capacidades se de facto vou ser capaz e profissional suficiente para exercer a profissão. Adoro o curso, tem algumas matérias bem chatas e aborrecidas,mas acabo por tomar o gosto de estudar a mesma. Mas ultimamente, AMO desporto, desde pequena que gosto de atividade fisica. E a dúvida está se troco e vou pra um curso de personal treiner que era mesmo TOP adoro, porque ir para desporto numa faculdade fora de questão! Demasiada matemática para mim.

  • Daíse Dourado de Paula

    Gente, estou no mesmo dilema! me formei em Publicidade e Propaganda, mais nunca trabalhei na área, esse curso não tem estágio obrigatório, que é um ERRO! Depois que você se forma é muito mais difícil conseguir trabalhar na área! Já fazem 4 anos que eu me formei, e agora to cursando Marketing pra ver ser consigo entrar no mercado de trabalho! Mais me sinto muito frustada por não estar na área, nessa idade já era para estar estabilizada (tenho 26 anos)! Porém me sinto sem rumo e perdida! Já pensei em sair totalmente dessa área e cursar Farmácia! Mais me sinto triste e sem apoio! ;(

Deixe uma resposta para Anonymous Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *